Filé do Caminho da Fé

Muitas vezes o tempo curto ou uma logística complicada são empecilhos para fazermos uma cicloviagem por lugares interessantes. O que quero mostrar com este post é que dá para fazer uma viagem de bike sensacional em 4 dias. Se você mora em São Paulo e arredores, dá para ir de ônibus para a cidade de saída (Águas da Prata) e voltar de ônibus para casa de Campos de Jordão ou Aparecida. É muito fácil de organizar e realizar e você se surpreenderá com a beleza da roteiro.

Aqui vai um relato curto da viagem.

Nosso roteiro no Caminho da Fé

Nosso roteiro no Caminho da Fé

Filé do Caminho da Fé

Há alguns anos eu planejava fazer o Caminho da Fé, que, por uma razão ou outra, acabava não dando certo. Num ano foi uma viagem a trabalho, em outro eu estava fora de forma. Enfim, parecia complicado alinhar tudo.

Em 2012, eu e meu irmão programamos de fazer uma versão resumida do Caminho, em 4 dias, que chamamos de Filé do Caminho da Fé.

Com o tempo que tínhamos, resolvemos sair de Águas da Prata e acabar em Campos do Jordão, já que não tínhamos nenhum objetivo religioso de chegar a Aparecida. Além disto, a parte bonita do trajeto (terra e montanha) acaba em Campos do Jordão, depois é asfalto pelo Vale do Paraíba.

Apesar de não ter uma conotação religiosa, fiquei bem tentado em chegar até Aparecida pela sensação de cruzar a linha de chegada e cumprir o Caminho. Entretanto, alguns amigos que já tinham feito disseram que teríamos diversão suficiente neste trecho da Águas da Prata até Campos, o que foi a mais pura verdade.

Aproveitamos o feriado paulista de 9 de julho e matamos a sexta-feira anterior para fechar os quatro dias livre de viagem.

Na quinta a noite peguei a Viação Cometa de Campinas até Águas da Prata e encontrei meu irmão, que vinha de Ribeirão Preto, já na Pousada do Peregrino, sede do Caminho da Fé. Se você sai de São Paulo, no Terminal Tiête, pegue qualquer Cometa que vá para Poços de Caldas, eles passam por Águas da Prata. A pousada fica a 100 metros da pequena rodoviária da cidade.

Além de nós, tinham outros 3 ciclistas  na Pousada do Peregrino na noite que dormimos lá. Fora estes, somente encontramos mais um outro durante os 4 dias de caminho. Imaginei que encontraria mais bicicleteiros (como dizem os moradores das cidadezinhas do CdF).

Mais fotos: https://picasaweb.google.com/106721644794220114823/CaminhoDaFe2012

O planejamento de roteiro foi:

  • Dia 1: Águas da Prata até Inconfidentes, 85 km, ~2.100 m de ascensão.
  • Dia 2: Inconfidentes-Estiva, 58 km, ~1.900 m de ascensão.
  • Dia 3: Estiva-Luminosa (Pousada da Dona Inês, já na subida da serra), 65 km, ~2.000 de ascensão
  • Dia 4: Pousada da D. Inês-Campos de Jordão, 35 km, ~1.400 m ascensão

No penúltimo dia chegaríamos e dormiríamos em Luminosa, mas decidimos continuar além do vilarejo e dormir na Pousada da Dona Inês, uns 4 km após Luminosa, já subindo a famosa serra. O objetivo foi dividir a subida em duas partes, o que foi muito acertado.

Tivemos a sorte de pegar um clima que estava perfeito, seria difícil melhorar. Dias de céu azul, quase sem nuvens, clima fresco (20-25 graus) e chão compactado, sem poeira ou barro.

A viagem foi muito melhor do que eu poderia esperar em termos de paisagens e qualquer outra expectativa. A experiência de ficar 4 dias somente pedalando, distante das preocupações cotidianas, foi uma verdadeira terapia mental e física.

Um ponto alto do roteiro, além das paisagens naturais, são as várias e pequenas cidadezinhas mineiras, com aquele ar de tranquilidade e vida em ritmo lento. Parece que a vida segue num ritmo de muitos anos atrás. Não deixe de comer um pastel feito com farinha de milho em Tocos de Moji ou parar em Inconfidentes para um dedo de prosa no Bar do Maurão. Além destes, existem várias outras coisas peculiares e bacanas da vida no interiorzão de Minas. Se você for sem pressa, vai ter a chance de descobrir essas coisas.

Tivemos quase nenhum problema durante os 4 dias, somente 2 pneus furados (na minha bike) e meu irmão perdeu o ciclocomputador dele logo no primeiro dia de viagem. Puro azar.

Em termos de gastos, a viagem é barata. Para dormir custa entre R$ 30 e R$ 40 por pessoa e as refeições ficam abaixo de R$ 10 (peça pelo prato do peregrino). Além disto não tem muito mais onde se gastar. Ou seja, por dia você gastará uns R$ 70. Estes preços são de julho de 2012.

Todos os 3 ônibus (dois Cometas e um Pássaro Marron) que peguei levaram a bike montada no bagageiro sem problemas ou taxas extras.

Dicas:

  • O Caminho é todo demarcado por setas amarelas e é fácil achar pousadas nas cidades.
  • O site da Associação do Caminho da Fé é muito completo e útil. Lá você encontrará quase todas as informações de que precisa. Complemente estas informações com dicas de blogs e você terá o necessário para a sua cicloviagem.
  • O guia do Caminho da Fé do Antonio Olinto é útil mas não é essencial. De qualquer modo, me ajudou bastante a planejar a viagem.
  • Quase todas as cidades e vilarejos do percurso tem uma ou mais bicicletarias. Se precisar, é só perguntar.
  • Pela altimetria dá para ver que a ascensão diária é pesada (são quase 2.000 m de média diária). Esteja bem preparado para pedalar e empurrar a bike. Leve o mínimo possível de bagagem (veja mais sobre o que levar aqui).
  • Prepare-se para as subidas do Caminho da Fé, onde você certamente terá que empurrar a bike, de tão fortes que são. Para citar as maiores subidas do Caminho: Serra dos Limas, Serra de Tocos do Moji, Serra do Caçador e, a mais temida, Serra de Luminosa. Se você conseguir passar por todas elas pedalando, parabéns! É para poucos.
Guia Caminho da Fé - Antonio Olinto

Guia Caminho da Fé – Antonio Olinto

Segue o álbum com mais fotos da viagem:
https://picasaweb.google.com/106721644794220114823/CaminhoDaFe2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s