Cicloviagem Lagos Andinos – O que levamos

IMG_20151024_121953389.jpg

Não se esqueça de levar algo para comer durante a pedalada!

Para bagagem, em qualquer viagem, meu lema é “menos é mais”. Depois de algumas trips de bike, já tenho experiência para levar somente o essencial sem faltar nada no meio da viagem.

Começo a separar as coisas de cicloviagem umas duas semanas antes, pois são muitos itens e a falta de um deles pode de fato fazer uma diferença enorme.

Bicicleta

  • Mountain bike de alumínio, aro 26, freios v-brake, 27 marchas e suspensão dianteira.
  • Adaptações para a cicloviagem:
    • Suporte para alforjes (rack)
    • Alforjes com capacidade para 33 litros (o par)
    • Pneus 1.75″ mistos com proteção antifuro.
    • Troquei os pedais de encaixe por pedais comuns (plataforma)

Itens relacionados à bicicleta:

  • Canivete de chaves allen
  • Chave de corrente
  • Óleo lubrificante
  • Chave de boca para pedal
  • Elo de corrente
  • Manchão para pneus
  • Cadeado para bike
  • 1 câmara reserva
  • Kit remendo de câmara de ar
  • Bomba de pneu
  • Bolsa de quadro
  • Aranha para bagageiro
  • Iluminação dianteira e traseira
  • Ciclocomputador
  • Abraçadeiras (aka, enforca-gato, umas 10)
  • 2 caramanholas
  • Alicate pequeno
  • 4 parafusos extras (compatíveis com bagageiro e suporte de caramanhola)

Roupas e afins:

  • 1 corta-vento (anorak)
  • 2 bermudas de ciclismo
  • 2 camisas de ciclismo (manga curta)
  • Bandana (lenço para a cabeça)
  • 2 pares meias de ciclismo
  • 1 par de meia comum
  • Luvas
  • Capacete
  • 1  camiseta dryfit  (manga longa)
  • 1 blusa de fleece
  • 1 calça dryfit
  • 1 camiseta de algodão
  • 1 colete reflexivo de segurança (ver o que aconteceu conosco no primeiro dia)
  • 1 boné
  • 1 par de chinelos
  • 1 bermuda dryfit
  • 1 par de tênis (não levei sapatilhas de MTB, mas o Ricardo levou tênis e sapatilhas)
  • 1 toalha de trekking
  • Segunda-pele (calça e camisa)
  • Cuecas

Itens gerais:

  • Filtro solar
  • Protetor labial
  • Repelente de citronela (não levamos, mas pegamos emprestado e foi muito útil)
  • Purificador de água (Hidrosteril, Clor-in, etc)
  • Celular e carregador
  • Power bank
  • Câmera fotográfica e carregador
    • Provavelmente foi a última viagem que levamos uma câmera. A maior parte das fotos foi tirada com o celular.
  • Benjamim (adaptador T), com dois pinos cilíndricos
  • Saco de dormir
  • Isolante
  • Barraca para 2
  • Saco estanque
  • Canivete suíço
  • Bolsa de dinheiro (money-belt)
  • Kit de primeiros socorros
  • Mochila dobrável de bolso
  • Caderno de notas e caneta
  • Necessaire com itens de higiene pessoal
  • Rolo de papel higiênico

Apps no celular:

O celular é a maquininha que faz tudo. Depois da própria bicicleta, ele já é o item mais importante em qualquer viagem.

Os apps abaixo foram bem úteis.

  • Navegação: HERE WeGo e MAPS.ME
    • Dois excelentes apps com mapas offline, ambos gratuitos. A base de mapas deles é diferente, vale levar os dois com os mapas da Argentina e Chile.
  • Strava e Sports Tracker
    • Muito útil para informações de percurso, distância, velocidade média, ascensão, etc. Cada um de nós usou um para fazer o tracking das atividades. Os dois apps gravam o percurso mesmo quando não tem rede de dados.
  • Hostelworld, útil para achar e reservar os hostels nas cidades visitadas.

Referência extra

Essa planilha de checklist foi criada pelo André Schetino, do Até Onde deu para ir de Bicicleta. É uma lista bem completa de coisas para se levar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s